Blog do FM

menu
Topo
Frequência Modulada

Frequência Modulada

Sobre clássicos (mesmo dentre os clássicos): Illmatic, de Nas

Frequência Modulada

2014-05-20T19:16:42

14/05/2019 16h42

Grandes poetas precisam ser re-lidos. Estamos falando de álbuns clássicos do rap nas últimas semanas, mas talvez Illmatic, álbum de estreia do rapper e hoje empresário Nas seja esse um dos obrigatórios entres os fãs do rap clássico, gangsta, experimental ou comercial e principalmente, queira entender a história musical da cidade berço do rap e do movimento hip hop, por assim dizer.
No último dia 19 de abril completaram-se 25 anos em que ele é a porta de entrada não apenas para se ouvir rap mas, para se entende-lo, de fato. Acompanhem a resenha detalhada misturada com a experiência pessoal do Juliano BigBoss, nosso banco de dados que respira, de como Illmatic chegou até ele:

A primeira vez que ouvi Nasir Bin Olu Jones (seu nome verdadeiro) foi quando eu tinha onze anos, pois um malandro da minha quebrada estava lavando o carro dele e eu perguntei quem era que cantava aquela música e ele me disse que era um tal de Nas, mas na real eu não prestei muita atenção, pois na época eu estava envolvido com primeiro disco de inéditas do Wu-Tang que meu irmão deixou em casa.
Depois de um tempo, eu comecei a ouvir os rappers da Costa Oeste como Dr.Dre, Snoop Dogg e 2Pac que inclusive desrespeitou o Nas na última do faixa do disco Makaveli. Lembrei daquele irmão que estava lavando o carro na minha quebrada dizendo que o Nas é bom e pedi o tal Illmatic emprestado. Por um momento eu esqueci os artistas da Death Row Records e embarquei nessa viagem com o primeiro álbum do Nas.

Muito importante mencionar que a história não seria completa se não falarmos sobre Large Professor que envolveu o Nas na famosa pose-cut "Live At The Barbeque" a faixa que trouxe ele para os holofotes e principalmente na mira dos executivos da Columbia.

Aquele era o momento certo de lançar o disco, pois a costa Leste estava renascendo com Midnight Marauders do A Tribe Called Quest, 19 Naughty III do Naughty By Nature e 36 Chambers do Wu Tang estavam fazendo barulho na época. Large Professor começou a reunir os produtores que ele achava que podiam dar boas vibrações para o disco e aqui reside a diferença entre os beats de Illmatic e os outros trabalhos do Nas. Veja, foi preciso a atenção de um produtor digno de confiança como Large Professor para trazer os outros produtores certos para o trabalho, que puderam colaborar efetivamente para apresentar um ambiente musical coeso, perfeito para o Nas rimar toda a sua genialidade.

Bom, eu não tenho mais nada a dizer, que críticos, escritores já disseram bilhões de vezes então esse é o final da introdução! Vamos ao que interessa!

 

1-The Genesis

Muitos amam essa intro, pois Nas apresenta ao mundo o seu irmão Jungle e Anthony Cruz, mais conhecido como Az, que é o único MC que aparece no disco e de fundo o verso do Nas na "Live At The Barbeque".

 

2- N.Y State Of Mind

A primeira faixa que conheci do Nas e sem duvida a música mais popular até hoje. Dj Premier mostrando toda a sua genialidade, mescla samples de Kool & The Gang, Donald Byrd e aquele loop de piano de Joe Chambers que é uma obra prima. Premier disse que Nas gravou em uma take só essa faixa. Nas descreve de forma brilhante a mentalidade dos bandidos naquela época. Nas era o melhor estudante nesse quesito e conseguiu que esse som se tornasse magnífico.

3- Life's A Bitch (Featuring AZ & Olu Dara)

A estreia do AZ continua sendo uma das melhores estréias na história do hip-hop. Muitos dizem que AZ acabou com o Nas em sua própria faixa, mas prefiro acreditar que os dois lidam habilmente com a busca de riqueza com o ponto de vista deles, sem esperar pela aprovação de outras pessoas, o que é essencial no sucesso dessa faixa. L.E.S (produtor) foi brilhante em samplear Yearning For Your Love do Gap Band e no final o solo de trompete de seu pai Olu Dara foi a cereja do bolo.

4- The World Is Yours

Pete Rock é o próximo! O cara que fez esse beat sensacional com o loop de piano do Ahmad Jamal juntamente com um recorte sensasional da It's Yours do T La Rock ficou absolutamente atemporal e Nas nos atinge com suas metáforas do ponto de vista de um chefão falando sobre a vida material em detalhes cruciais e vividos. Uma das melhores músicas de todos os tempos, sem mentira. Essa é uma jóia que todo fã de hip hop deve guardar.

5- Halftime

O primeiro single de Nas e realmente o primeiro teste dele com os fãs. Ótima produção de Large Professor, que foi muito feliz em samplear Average White Band e Gary Byrd – e Nas muito cirúrgico em suas linhas.

6- Memory Lane (Sittin' In Da Park)

Dj Premier mostra nessa o quanto ele é altamente conceituado ao escolher os melhores loops ao cortar um sample. Ele não apenas faz isso, mas o loop é de alguma forma transformado em uma cápsula do tempo que o transportará para uma tarde de outono no inicio da década de 90, em Queensbridge. Nas chega com incríveis punchlines, lições de história e introspecção, tudo em um belo pacote. Na minha opinião, a mais impressionante demonstração de liricismo que eu já vi em Nas.

7- One Love

Clássico! Q-Tip sampleou com maestria Smilin' Billy Suite Pt. II dos The Health Brothers deixando a cama armada para o Nas conversar com os irmãos que estavam encarcerados naquela época. De qualquer forma é uma musica atemporal.

8- One Time For Your Mind.

Large Professor fornece um beat incrível ao Nas, sampleando Walter L, que inspirou o garoto de Queensbridge a soltar umas de suas melhores rimas.

9- Represent

O último beat de Dj Premier no disco onde ele sampleou The Thief of Baghdad de Lee Erwin, transformando-a em um outro hino de NYC. Estou percebendo que esse atributo é predominante em todas as músicas até agora. Já que cada um representa um lado da Big Apple.
Mais uma vez quero parabenizar Large Professor pelo som coesivo deste álbum e Nas mais uma vez impecável em suas linhas. Um triunfo musical.

10- It Ain't Hard To Tell

A última faixa que se tornou o segundo single do disco Illmatic, que por acaso é o meu som favorito. Não é difícil dizer que Nas entregou o pacote completo com punchlines incríveis, referências inteligentes e um talento poético que é raro encontrar em um MC. Large Professor foi feliz em samplear Human Nature de Michael Jackson, junto com NT de Kool & The Gang e Long Red de Mountain, que é um efeito de tirar o fôlego da gente e terminando o álbum com uma nota alta.

 

 

Junto de tudo isso vale lembrar sobre o lindo documentário Time is Illmatic, lançado em 2014 e conta muitas histórias em volta dessa obra maravilhosa. E há milhares de motivos para a sua audição número 1 ou 10.000. Tranquilo que você vai gostar.

Sobre os autores

Fabio Lafa escreve textos, podcaster, pesquisador musical e consultor em music branding.

Nyack é Dj, pesquisador musical e beatmaker.

Juliano BigBoss é estudioso do marcado do rap, pesquisador, produtor artístico e executivo.

Sobre o blog

Papo semanal e bem descontraído sobre os ritmos que movem cidades. Dicas e mapeamento de cenários musicais - clássicos e emergentes, do analógico ao eletrônico.